A maioria dos jovens, sobretudo os que cursam nível superior, precisa trabalhar e estudar ao mesmo tempo, seja por opção ou por necessidade.

Conciliar trabalho e estudo não é tarefa fácil, mas é possível! Basta ter comprometimento e responsabilidade para que a jornada dupla lhe traga os benefícios esperados.

Mas até que ponto vale a pena exercer as duas atividades? Será que o tempo gasto com o trabalho pode prejudicar os estudos? Saiba mais neste post!

Desafios

Manter a organização pessoal

Organização é uma das palavras-chave para conciliar trabalho e estudos. Manter uma rotina produtiva depende de organização e equilíbrio entre aspectos profissionais e pessoais.

Planejar o seu dia pode fazer toda a diferença nesse sentido. Por isso, você pode montar um plano diário, incluindo tudo o que precisa fazer desde o momento em que acorda até a hora que vai dormir.

Na realização das atividades previstas, procure priorizar as mais urgentes e não se esqueça de contabilizar um tempo para descanso e para as refeições, entre outros necessários de acordo com as atividades programadas.

Otimizar o tempo

Muitas vezes o dia parece curto para quem precisa terminar tarefas escolares, sem deixar que nada acumule no trabalho, virando uma “bola de neve”.

Por isso é importante manter o foco para que coisas importantes não fiquem para trás fazendo com que o tempo realmente seja insuficiente para o término das atividades necessárias.

Uma dica para otimização do tempo é a utilização da Técnica Pomodoro, que sugere o foco em uma atividade por 25 minutos, seguida de um descanso de 5.

Assim, é necessário procurar fazer tudo bem-feito, para evitar um retrabalho, que muitas vezes pode ocupar um tempo que poderia ser aproveitado em outra tarefa ou para descanso.

Vantagens

Conseguir um emprego

Muitas vezes aquele emprego dos sonhos pode se tornar realidade ao fazer um curso na área. Isso porque é possível que você consiga um estágio, já no início, em uma empresa ligada a carreira que deseja seguir.

Além disso, quanto mais elevado o nível de formação, mais fácil se torna conseguir um bom emprego e quanto antes estiver no mercado de trabalho, mais cedo poderá construir uma carreira sólida.

Conquistar independência financeira

Trabalhar e estudar gera gastos, pois além do material de estudo propriamente dito, surgem despesas com transporte e alimentação, entre outras.

Assim, o estudante também inicia a prática de uma gestão financeira, essencial para que não tenha problemas com os gastos financeiros e possa guardar um montante para o futuro.

Além disso, mesmo que o estudante não precise do dinheiro para manter-se, a independência financeira proporcionada por um trabalho é um fator de incentivo para que ele continue firme na busca por uma profissão que lhe seja prazerosa.

Portanto, é perfeitamente possível conciliar trabalho e estudo, sem que uma tarefa prejudique a outra. E, mesmo sendo cansativo, você pode fazer as duas coisas sem deixar de lado a qualidade de vida.

Por isso, além de trabalhar e estudar, procure sempre tirar um período de folga pelo menos uma vez por semana, para fazer uma pausa e estar com os amigos, com a família ou para praticar alguma atividade física.

Já sabe se vale a pena e o que deve fazer para conciliar trabalho e estudo? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo que envolve o universo estudantil!