De nada adianta investir em roupas se você não sabe como conservá-las adequadamente. Por isso, é muito importante compreender os símbolos das instruções de lavagem que vêm nas etiquetas das peças.

Eles apontam a forma mais indicada para lavar, secar e passar as roupas, respeitando as particularidades do material que as constitui. Saber interpretar o significado desses símbolos indicados nas etiquetas das peças pode fazer toda a diferença se você quiser manter a durabilidade das suas roupas.

Para ajudar você a traduzir esses códigos do mundo têxtil, preparamos um guia com os principais símbolos usados nas etiquetas de roupas e o que indica cada uma dessas instruções. Assim você finalmente saberá como manter suas roupas bem conservadas por mais tempo — o seu guarda-roupas e o seu bolso agradecem!

Desvendando os símbolos das instruções de lavagem

Se você é daqueles que costumam cortar as etiquetas das suas peças por achar que elas “não servem pra nada”, saiba que agora você vai encontrar uma utilidade para aquele quadradinho de tecido cheio de símbolos.

Antes de explicar o significado de cada símbolo, é importante destacar que eles são divididos em categorias: instrução da forma e das condições ideais de lavagem, uso ou não de alvejante a base de cloro, secagem (incluindo a temperatura e a posição ideal para a roupa secar), uso de ferro para passar (e qual a temperatura máxima permitida) e limpeza a seco.

Confira mais detalhes nos tópicos a seguir!

Significado universal para lavar, secar e passar

A melhor parte de decorar esses símbolos é que você compreenderá o significado de todas as instruções que vêm nas etiquetas das suas roupas, independentemente de onde elas foram fabricadas, já que essa linguagem é universal. Agora que você já sabe que o código é dividido por categorias, fica mais fácil entender a lógica de cada símbolo.

Forma indicada para lavar

Nessa categoria, representada por um balde, o símbolo indica se a peça pode ou não ser lavada na máquina, qual a temperatura máxima para a lavagem — o número estará escrito dentro do balde —, e as especificações que você deve seguir para enxágue e centrifugação.

Se houver uma “mãozinha”, a peça deve ser lavada à mão. Se houver um “X” sobre o ícone, isso indica que a peça não deve ser colocada na máquina de lavar.

Uso de alvejante

A segunda categoria é indicada por um triângulo, com a sigla Cl (que indica cloro) na parte interna. Se o triângulo estiver sem qualquer marcação, isso significa que é permitido usar alvejante a base de cloro. No entanto, se houver um “X” sobre o ícone, isso indica o contrário.

Maneira ideal de secar

Nessa categoria, indicada por um quadrado, você encontrará diferentes instruções. Um círculo com um ponto na parte interna indica a temperatura mínima. Se forem dois pontos, a temperatura máxima. Se houver um “X” sobre o quadrado, não coloque a peça na secadora.

Um quadrado com um semicírculo indica que você pode pendurar a peça. Duas ou três barras verticais dentro do quadrado apontam que ela deve secar pendurada, sem torcer. Uma linha horizontal no centro do quadrado indica que a peça deve secar na horizontal, sem torcer.

Uso do ferro de passar

O símbolo mais fácil e um dos mais importantes se refere ao uso do ferro de passar e a temperatura máxima indicada, de acordo com o material que compõe a peça.

Um pontinho dentro do ferro indica temperatura até 110°, dois pontos indicam 150° e três pontinhos significam máxima de 200°. Porém, se a peça não puder ser passada a ferro, isso estará indicado por um “X” sobre o ícone.

Limpeza a seco

As instruções dessa categoria geralmente são específicas e voltadas para lavanderias especializadas. Logo, você não precisa se preocupar tanto com elas. Basta saber que o círculo assinala esse tipo de limpeza e um “X” sobre ele proíbe a limpeza a seco na peça.

Não foi tão complicado entender, concorda? Agora que você já sabe tudo sobre os símbolos das instruções de lavagem, que tal pegar umas dicas de como escolher a camiseta que vai acompanhar a sua turma durante o terceiro ano do Ensino Médio?