Direto das lan houses para o mundo, os jogos eletrônicos sempre foram motivo de diversão e união. E agora, também se tornaram fonte de renda e uma profissão muito bem-sucedida.

Foi-se o tempo onde os jogos eletrônicos se restringiam apenas às competições amadoras na nossa casa ou na casa dos nossos amigos. Atualmente, existe um mercado global milionário dedicado especialmente para este tipo de competição e, mais do que isso, várias pessoas, principalmente os jovens, estão ganhando dinheiro se profissionalizando nas competições organizadas de jogos eletrônios, também conhecidas como e-sports.

Se você tá por fora e ainda não sabe do que eu estou falando, este artigo é para você. Nele, você descobrirá exatamente do que se trata o e-sports e irá conferir como está o seu crescimento no cenário nacional.

Vamos lá?

Antes de mais nada, a primeira coisa que você precisa entender é:

O que são os e-sports?

Resumidamente, podemos dizer que e-sports são as competições realizadas através dos jogos eletrônicos, que, neste caso, são considerados “esportes”.

Os primeiros relatos de competições com jogos eletrônicos são da década de 70, mais precisamente em 1972. Porém, somente em 1980 estas competições tomaram grandes proporções, com o primeiro campeonato de Space Invaders organizado pela Atari.

Desde então, estas competições se popularizaram e hoje contam com um grande número de audiência e com prêmios em dinheiro muito atrativos.

Com a popularização do streaming, os e-sports cresceram rapidamente e até contam com diversos sites especializados em transmissões deste tipo de competições, sendo o Twich o mais conhecido.

Estas competições podem acontecer tanto online, onde cada jogador participa diretamente de sua residência e país, ou então elas podem acontecer em grandes eventos dedicados para este tipo de competição.

Os jogos mais conhecidos nas competições são:

  • League of Legends
  • Dota
  • Counter Strike
  • Fifa
  • PUBG
  • Fortnite

E-sports – Cenário atual no Brasil

Apesar dos e-sports terem começado nos Estados Unidos, esta modalidade é muito conhecida no Brasil e tem ganhado cada vez mais adeptos. Só este ano, o Brasil vai sediar diversas competições dos jogos mais populares e a tendência é isso acontecer cada vez mais.

Por exemplo, a Riot Games, empresa que desenvolveu League of Legends chegou no Brasil em 2012, trazendo a profissionalização dos jogadores, equipes e torneios. Ela já realizou eventos em diversas cidades do Brasil e, segundo o gerente-geral da Riot Games no Brasil, Roberto Lervolino, o Brasil está entre as seis maiores comunidades de jogadores de LoL do mundo.

A prova disso, é o próximo evento de e-sports no Brasil que acontecerá entre os dias 15 e 17 de junho em Belo Horizonte.O ESL One é um dos eventos mais prestigiados no e-sports do mundo, e vem ao Brasil na sua primeira edição. Estarão participando do evento oito dos melhores times do mundo, disputando a premiação de U$$200 mil, quase R$670 mil.

Investir em ações e patrocínios relacionados ao e-sports tem se mostrado bastante lucrativo para as empresas e cada vez mais as marcas estão atentas às tendências do mercado.

Como deu para perceber, e-sports é uma modalidade que está só começando a crescer e que possui um grande potencial, tanto para quem participa quanto para quem investe nesta categoria. E, pelo visto não vai acabar tão cedo. Principalmente se depender dos jogadores ávidos por novidades e que investem cada vez mais do seu tempo e dinheiro para se profissionalizar nesta profissão do futuro.

Se você é adepto a essa modalidade de esporte, seja fã ou jogador profissional, curta a página do Facebook da WayUp uma loja virtual exclusiva de produtos para fãs do e-sports, fique ligado em todas as novidades e dicas!