O momento do vestibular é um dos estágios mais importantes da vida de um jovem estudante. São muitas dúvidas e questões sobre o ensino superior e sua futura carreira, não é mesmo? Uma das principais dúvidas é se você deve escolher uma formação de tecnólogo, bacharelado ou licenciatura.

Se você não sabe as diferenças entre essas três modalidades de curso superior, este post é para você! Continue lendo para entender melhor as características desses graus de formação superior e descubra qual é mais a sua cara.

Quais as diferenças?

Duração do Curso

A primeira diferença entre essas três modalidades de formação profissional está na duração de cada curso.

Normalmente, o bacharelado possui um período de duração mais variado. Alguns são de somente 3 anos, enquanto outros – como medicina – duram 6 anos.

Os cursos de licenciatura são aqueles que possuem uma duração maior: entre 4 e 5 anos.

Por fim, os cursos tecnólogos são mais curtos do que os outros: costumam durar de 2 a 3 anos apenas.

Atuação no mercado de trabalho

A segunda principal diferença está na atuação do mercado de trabalho dos formandos nos cursos tecnólogos, de bacharelado e licenciatura.

Quem tem uma formação tecnóloga costuma atuar em uma área mais específica do mercado. Não há uma formação tecnóloga em medicina – que é um curso mais abrangente – mas sim uma em Radiologia, por exemplo.

Já o bacharel tem mais opções para seguir. Ele poderá atuar em diferentes posições dentro de uma área específica. O bacharel em comunicação, por exemplo, pode trabalhar na TV, rádio, internet e em diferentes posições. Além disso, essa modalidade prepara melhor aqueles que desejam seguir a área de pesquisas científicas.

Quem opta por uma licenciatura é direcionado para o mercado do ensino e tem o direito de se tornar professor do ensino médio ou fundamental, podendo fazer uma pós-graduação ou mestrado para atuar em instituições de ensino superior.

banner 3

Conteúdo da formação

Como a atuação no mercado de trabalho é diferente para as 3 formações, o conteúdo desses cursos também é variado para cada uma dessas modalidades.

No tecnólogo, o aluno tem mais lições práticas e será orientado para as necessidades do mercado de trabalho. O conhecimento será menos generalista e mais específico.

Já no bacharelado, o estudo será mais aberto, e dará um panorama da área escolhida. Normalmente, colegas de classe em um bacharelado acabam trabalhando em profissões diferentes dentro da mesma área.

Por fim, o conteúdo ensinado na licenciatura abrange tanto conhecimentos específicos sobre uma área, como disciplinas relacionadas à pedagogia e didática.

Qual é a melhor modalidade?

Você deve estar se perguntando qual dessas três modalidades de formação profissional é a ideal para você. A resposta para esse questionamento é: depende dos seus desejos e planos.

Para quem já sabe em qual área quer trabalhar, mas não sabe exatamente qual será sua profissão, o mais indicado é escolher um bacharelado. Um bacharel em direito, por exemplo, pode ser advogado, promotor ou juiz. Além disso, o bacharelado permite participar de pesquisas científicas importantes para sua área.

Se você gosta de apresentar trabalhos para seus colegas na classe e se sente bem ensinando algum conteúdo para seus amigos, provavelmente gostará da profissão de professor. Nesse caso, a licenciatura é uma ótima escolha.

Por fim, se você já sabe bem qual a sua profissão específica no futuro e existe uma formação técnica no seu caso, então o tecnólogo pode ser uma ótima ideia. Além de ser um curso de curta duração, essa formação permite que você tenha lições práticas e saia da faculdade pronto para ser integrado ao mercado de trabalho.

Agora que você conheceu essas três modalidades de ensino superior, já sabe se escolherá tecnólogo, bacharelado ou licenciatura? Então está na hora de começar a se preparar para o vestibular! Veja 5 dicas incríveis para ter sucesso na hora da prova!